gbc-engenharia-pericias-e-consultoria-tratamento-de-aguas-e-aguas-residuais-tecnologias-aerzen

Tratamento de águas e águas residuais: tecnologias Aerzen

Via: Portal Tratamento de Água

Existem diversas opções para a aplicação de métodos para evitar prejudicar o ambiente. No caso de águas residuais, por exemplo a ventilação do tanque de sedimentos ou a ventilação por pressão dos sistemas biológicos de tratamento de águas residuais.

A introdução de oxigênio é importante para os tanques profundos de águas residuais, para os sistemas de tratamento de águas residuais com tanques de aeração standard, bem como para os lagos naturais de clarificação.

Se as águas residuais já tiverem entrado no ciclo natural, a ventilação de rios e lagos impede a contaminação adicional. Ao tratar água potável, a limpeza dos filtros com ar comprimido garante que é fornecida a água ideal e que as reservas naturais de água não são utilizadas de forma excessiva.

O gás verificado nos aterros, nas torres de digestão ou o gás que é produzido no tratamento de águas residuais, já não escapa para o ambiente ou não é apenas queimado. É utilizado de forma sustentável para criar energia para atenuar o impacto no ambiente e para solucionar o défice de recursos. Devido ao aumento da pressão dos sopradores de biogás, o gás é transportado para os CHP (produção combinada de calor e eletricidade) ou geradores de energia onde a energia convertida pode ser utilizada, por exemplo, no aquecimento de edifícios ou estufas. O gás produzido é medido com os contadores de gás de lóbulo rotativo da AERZEN.

Durante a secagem do lodo, os sopradores de lóbulos rotativos e deslocamento positivo da AERZEN podem ser utilizados para o subsequente transporte pneumático da lama seca.

Os produtos AERZEN cumprem as suas funções não só nos exemplos acima apresentados. Tal como existem diversas opções para proteger o ambiente, existem muitas áreas de aplicação dos sopradores de lóbulos rotativos e deslocamento positivo, compressores de lóbulos rotativos e turbos da AERZEN.

Performance3. Controle com precisão dos ciclos de carga. Para um tipo de eficiência completamente nova em tanques de aeração.

Performance³. Controle com precisão dos ciclos de carga.

Os requisitos variáveis em termos de ar e as peculiaridades no design e na construção de tanques de aeração são desafios para qualquer estação de tratamento de águas residuais. O resultado: um consumo energético extremamente elevado que pode corresponder a 80% do total dos custos. A solução: uma combinação inovadora de sopradores, híbridos e turbos da AERZEN. Máxima eficiência energética para cargas base, ajustes com precisão para picos de carga. O resultado: eficiências em toda a operação até agora desconhecidas. O investimento pode ser amortizado em apenas 2 anos!

Fonte: Portal Tratamento de Água | www.tratamentodeagua.com.br
Postado por: GBC Engenharia – Perícias e Consultoria | www.gbcengenharia.com.br

GBC

A GBC Engenharia - Perícias e Consultoria é uma empresa especializada em perícias de engenharia nas áreas civil e ambiental há mais de 20 anos, com ampla atuação em todo território nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>