Aminoagro-e-Dimicron-levam-informações-e-entretenimento-sobre-solo-e-semente-na-Agrotins-2017

Aminoagro e Dimicron levam informações e entretenimento sobre solo e semente na Agrotins 2017

Via: Notícias Agrícolas

As empresas promoverão debates com especialistas das áreas, sobre revitalização de solos e qualidade de sementes

Aminoagro e Dimicron, que pertencem ao grupo Fertiláqua, participarão da Agrotins 2017 – Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins, entre os dias 09 e 13 de maio. As empresas levarão novidades tecnológicas e conhecimento sobre sementes e solos aos produtores rurais, além de entretenimento com sessões gratuitas de filme cine 6D.

“O estado do Tocantins é uma região agrícola importante para o país e que está em plena expansão. Participar do evento é mais uma forma de estarmos próximos ao produtor rural e apresentar a ele as inovações tecnológicas e o que a empresa possui de mais moderno no mercado. Precisamos começar a conscientizar os produtores rurais sobre a importância do cuidado com o solo e qualidade da semente para uma agricultura mais responsável e produtiva”, explica João Paulo Frez, gerente regional de vendas da Fertiláqua.

O Notícias Agrícolas transmitirá os debates ao vivo no site e você pode enviar suas perguntas durante a transmissão diretamente da sua casa através do nosso WhatsApp: (66) 9 9606-0760.

Aminoagro

A Aminoagro, em parceria com a Produtécnica, apresentará a Cápsula Fertiláqua, um filme cine 6D com imagens, sons e sensações que permitem entender melhor a relevância de conceitos básicos que influenciam diretamente a produtividade das lavouras, que são solos revitalizados e sementes de qualidade, com duração de quatro minutos.  Para participar da atração especial, basta o visitante entrar no estande da empresa, que o levará a uma viagem futurista e única.

Além disso, no dia 12, às 17h30, a Aminoagro promoverá o debate de revitalização de solos, com o Professor Doutor de solos, titular da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Telmo Amado.

Dimicron

A Dimicron, junto com a Focoagro, em seu estande disponibilizará os serviços do Laboratório de Análise de Sementes (LAS), onde serão realizadas demonstrações e análises para mostrar, de forma prática, a diferença entre sementes de alto e de baixo vigor, e as consequências que podem acarretar na produtividade em lavouras de grãos.

Visitantes e expositores poderão participar no estande da Dimicron do debate sobre qualidade de sementes, às 8h30, também no dia 12, com o Professor Doutor de sementes Paulo Dejalma Zimmer, da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

A Feira será realizada no Centro Agrotecnológico de Palmas, localizado no Km 23 da Rodovia TO-050.

Para mais informações sobre a feira, acesse: http://agrotins.to.gov.br/

Fonte: Notícias Agrícolas  | www.noticiasagricolas.com.br

Leia Mais

Mercado-imobiliário-ganha-conjunto-de-padrões-de-ética-internacional

Mercado imobiliário ganha conjunto de padrões de ética internacional

Via: Grupo Pini

Expectativa é que objetivo o setor aprimore suas negociações e melhore a transparência

A Coalizão Internacional de Padrões Éticos (IESC) disponibilizou no fim de abril um conjunto de padrões de ética internacional para o mercado imobiliário, construção e infraestrutura. O grupo é formado por mais de 100 entidades representantes da área, como a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP).

“Esse conjunto de princípios traz maior clareza e transparência ao mercado imobiliário, perante seus clientes e o público em geral. Ajuda a mitigar riscos, facilita e proporciona maior segurança aos negócios, sejam eles feitos no Brasil ou no exterior”, comentou Flavio Amary, presidente do Secovi-SP.

A ideia foi baseada em outras áreas que já possuem um conjunto de padrões éticos internacionais estabelecidos, ajudando a potencializar a eficiência e o desempenho dos seus devidos setores. O objetivo é que o setor imobiliário aprimore suas negociações e reafirme a idealização de padrões no trabalho.

Para acessar o material, clique aqui.

Fonte: Grupo Pini | www.construcaomercado.pini.com.br
Postado por: GBC Engenharia – Perícias e Consultoria | www.gbcengenharia.com.br

 

Leia Mais

Tecnologias-agrícolas-Agronow-lança-aplicativo-para-mapear-colheita

Tecnologias agrícolas: Agronow lança aplicativo para mapear colheita

Via: Mundo Geo

Aplicativo permite ao produtor e a outros profissionais da agronomia mapear toda a sua área produtiva, projetando a produtividade da colheita em segundos

Já imaginou ter na tela do celular um mapeamento que estima, informa e projeta a produtividade da colheita futura em segundos, com alta taxa de acerto (acima de 90%) e a um preço viável?

A tecnologia desenvolvida pela Agronow, startup sediada em São José dos Campos (90 km de São Paulo), oferece a todos os produtores rurais, dos pequenos aos que operam em escala global, essa possibilidade – localizar pragas, aplicar insumos de maneira mais eficiente, identificar áreas mais e menos férteis, além de prever quanto a safra vai produzir e fornecer dados sobre o cultivos passados e o atual – bastando alguns toques na tela do smartphone.

Ferramenta revolucionária no agronegócio, a Agronow nasceu como plataforma web em novembro do ano passado. Em março, a tecnologia ganhou os celulares, com o lançamento do aplicativo Agronow.

Em apenas um mês, foram registrados mais de 640 downloads do aplicativo.

“Estamos bastante otimistas com o nosso app. Com certeza esse lançamento irá levar a nossa plataforma para outro patamar. Como muitos dos nossos clientes já haviam nos cobrado, enxergamos que esse era o momento para melhorarmos o atendimento e criarmos um aplicativo completo e robusto, simples e de fácil acesso, que pudesse rodar sem falhar e, consequentemente, melhorar todo o nosso serviço”, explica o CEO da Agronow, Antônio Morelli.

Dessa forma, os mais de 2.500 usuários da ferramenta (números de abril de 2017), já podem visualizar na palma da mão toda a sua área de plantação. Com poucos toques, é possível levantar informações de colheitas passadas, adicionar fotos da situação atual e montar quadros comparativos e análises históricas, criando um verdadeiro big data do campo.

Além disso, o aplicativo oferece todas as funcionalidades da plataforma web, com mapas de produtividade, umidade, temperatura, além dos índices de vegetação, de área foliar e de vegetação ajustado ao solo. Tudo isso de forma prática e fácil, disponível online e offline.

“Oferecemos ao agricultor a possibilidade de entrar em uma nova era de informação do campo”, explica Antonio Morelli, CEO da Agronow.

O app foi desenvolvido pela equipe da Agronow, é totalmente gratuito e está disponível para todos os usuários ativos da plataforma que possuem smartphone com sistema Android (em breve, poderá ser utilizados em sistemas iOS). O mapeamento oferecido pela Agronow custa a partir de R$ 19 por mês e pode ser utilizado tanto no celular como em laptops ou desktops. Desde sua criação, o sistema da Agronow já processou mais de 1 bilhão de hectares.

Fonte: Mundo Geo | www.mundogeo.com
Postado por: GBC Engenharia – Perícias e Consultoria | www.gbcengenharia.com.br

Leia Mais

Governo-Federal-libera-R$-10-bilhões-para-obras-em-municípios

Governo Federal libera R$ 10 bilhões para obras em municípios

Via: Grupo Pini

Pacote priorizará áreas de iluminação, gestão de resíduos sólidos, mobilidade urbana e saneamento

O Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira, anunciou na última terça-feira (25) durante o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS) o investimento de R$ 10 bilhões em infraestrutura urbana nas cidades brasileiras. A medida atende ao pleito da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

O objetivo do pacote é procurar alternativas para aumentar a participação do setor privado, além de utilizar R$ 6 bilhões de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a mobilidade urbana. Os primeiros recursos serão destinados à iluminação, gestão de resíduos sólidos, mobilidade urbana e saneamento.

“A Caixa e o Banco do Brasil também estão disponibilizando linhas de crédito com total de R$ 4 bilhões para financiar os investimentos nessas infraestruturas”, comentou o ministro.

Foi destacado pelo ministro do Planejamento que o Programa de Concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) está sendo estruturado em parceria com a CBIC, que é de grande importância para esta fase. “Contamos com a colaboração da CBIC para a produção de todos os documentos necessários como a padronização dos editais, dos contratos, das regras que serão aplicadas aos projetos de concessões do programa”, disse Oliveira.

Leia Mais